Domingo, 27 de Setembro de 2020

CONTACTOS

STEC
INFORMAÇÃO STEC
CGD TRATA ISABEL DOS SANTOS COMO "QUALQUER CLIENTE" E ESTÁ ATENTA AOS FLUXOS DE CAIXA
2020-01-21
TSF
Por José Milheiro
21 Janeiro, 2020 • 15:17
 
Paulo Macedo não quis dizer quais os montantes da dívida de Isabel dos Santos à Caixa Geral de Depósitos nem se os pagamentos dos empréstimos concedidos estavam a ser cumpridos.
 
A Caixa Geral de Depósitos garante que vai estar atenta aos fluxos de caixa das empresas de Isabel dos Santos, como faz com todos os clientes, em função das notícias que dão conta do arresto dos bens da empresária angolana. À margem de uma conferência em Lisboa, o presidente do banco público Paulo Macedo foi questionado sobre qual é a exposição da Caixa aos negócios de Isabel dos Santos
 
"Não falamos sobre clientes em particular", adiantou desde logo Paulo Macedo, acrescentado que "a Caixa Geral de Depósitos, como qualquer banco, está atenta às evoluções que acontecem relativamente aos créditos que tenham, em termos das suas garantias e da geração de cash flows [fluxos de caixa] e isto é verdadeiro para qualquer cliente"
 
Paulo Macedo não quis dizer quais os montantes da dívida de Isabel dos Santos à Caixa Geral de Depósitos nem se os pagamentos dos empréstimos concedidos estavam a ser cumpridos. É sabido que para comprar ações da ZON, em 2009, Isabel dos Santos recorreu a um empréstimo de 125 milhões de euros junto da Caixa Geral de Depósitos.

TopoIr para lista

01_21_tsf
 
Fotografia: © Orlando Almeida / Global Imagens